Home VOLTAR

Etapas da formação



Animação Vocacional ( RF 22-34/ EP 5-9):
A Animação Vocacional é a missão da Igreja destinada a cuidar do nascimento, do discernimento e do acompanhamento das vocações, em particular das vocações para os ministérios ordenados e para as diversas formas de vida consagrada.
Objetivo: Despertar a atenção do vocacionado para o chamado de Deus à vida e oferecer meios para iniciar um processo de auto-conhecimento; propor todas as vocações que se realizam no mistério da Igreja; apresentar São Francisco e o carisma franciscano; propor com clareza a Terceira Ordem Regular de São Francisco como ambiente para a vida religiosa.
Duração: Pode variar, no mínimo 01 ano
Obs: Acreditamos que o Chamado de Deus a um discernimento vocacional pouco ou nada tem haver com a idade cronológica.

Aspirantado (EP 10):
É uma continuidade do serviço de Animação Vocacional. Tem como função primordial cuidar do nascimento, do discernimento e do seu acompanhamento vocacional, inserido numa fraternidade.
Objetivo: Período de iniciação e convivência para um maior discernimento vocacional onde o candidato receberá orientação integral segundo nossa forma de vida.
Duração: De 1 a 3 anos
Casa de Formação: Fraternidade Nossa Senhora do Loreto, Manaus - AM

Postulantado (CG 37,38/EG18-22/EP 11-13) RF63:
Corresponde aos primeiros anos na fraternidade. Trata-se de um tempo maior de aprofundamento e discernimento do chamado de Deus para o Carisma Franciscano.
Objetivo: Proporcionar o crescimento, na relação pessoal com Jesus no processo de formação global pelo discernimento vocacional, crescer na fé, na vivência comunitária e para com a realidade histórica do povo, na vida e missão da Ordem, tendo em vista o Noviciado.
Duração: 02 anos ( mínimo 01 ano)
Casa de Formação: Fraternidade Nossa Senhora do Loreto, Manaus - AM

Noviciado (CG 39-55/ EG 23-37/EP 14) FR81:

O Noviciado marca o início da Vida Religiosa. É um tempo forte de oração e vivência fraterna, em que você é levado a aprofundar e conhecer melhor o carisma franciscano, à luz dos Conselhos Evangélicos da pobreza, da castidade e da obediência.
Objetivo: Intensificar a experiência do Deus Trindade, no seguimento de Jesus Cristo, numa vivência fraterna, solidária e apostólica para consagrar-se numa entrega generosa a Deus, a serviço do seu povo, mediante a profissão dos votos religiosos segundo o carisma da TOR.
Duração: Mínimo de 12 meses (cf. cân 648 1 RF 100)
Casa de Formação: Fraternidade Nossa Senhora dos Anjos, Nova Olinda do Norte - AM

Juniorato (EG 33-37) RF 103-124:

O Juniorato é o período pós-noviciado em que você se prepara para fazer a opção definitiva à vida consagrada. É tempo de uma maior atuação pastoral dentro do carisma franciscano. Corresponde também aos estudos acadêmicos de Filosofia e Teologia.
Objetivo: proporcionar ao frade condições de aprofundar, integrar e consolidar as dimensões constitutivas da Vida Religiosa: Consagração, comunidade e missão segundo o carisma da TOR.
Duração: Durante o período de filosofia.
Casa de Formação: Fraternidade Nossa Senhora de Fátima, Mogi Mirim - SP

Formação Permanente (CG29/ EG 13-15/EP 17,19):
A formação permanente é o período após a profissão definitiva, em que você, na busca pela santidade, exerce efetivamente um encargo na Ordem Franciscana, onde pode optar pelo ministério ordenado, sendo diácono ou sacerdote.
Objetivo: Dar continuidade ao processo de formação global da pessoa, renovando continuamente "os fundamentos da vida religiosa, incluindo a participação nas varias iniciativas de atualização e prática, referentes a nossas atividades" RF 135. "O frade que terminou a formação inicial deve dar-se conta de que não recebeu mais do que a base da formação, que deverá prolongar por toda a vida. Os frades e as fraternidades que cultivam a formação permanente criam o ambiente e são capazes de participar na formação dos candidatos. "Entre a formação inicial e a permanente existe verdadeiramente um estreito laço vital e uma unidade intrínseca". RF 165.
Duração: Votos Perpétuos.
Atuação: Todas as áreas apostólicas da Vice-Província.

SIGLAS
RF = Ratio Formationis
EG = Estatutos Gerais
CG = Constituições Gerais
EP = Estatutos Provinciais

 

Voltar