Home

VOLTAR

O TAU

O significado Penitencial do Tau

          O Tau (Letra do alfabeto grego e hebraico) assumiu através dos seculos diversos significados, entre eles está o sentido penitencial adquirido no período imediatamente anterior a São Francisco.
         O Tau representa a figura da cruz, que é sinal da paixão, a realizar em sua vida dignos frutos de penitência e a busca a graça do perdão dos seus pecados.

          O símbolo Tau não era considerado salvífico por si mesmo mas tinha de ser acompanhado pela fé e por obras de caridade, feitas por amor a Deus. Foi abraçando essa espiritulidade que São Francisco utilizou muitas vezes o Tau como assinatura e como brasão da Ordem. símbolo também está presente na forma do hábito franciscano. Portanto, o Tau significa a lembraça da redenção e da cruz que nos motiva e manisfestar nossa fé por meio do serviço e do testemunho dedicados aos irmãos(ãs) mais necessitados.

       

  Sob o Símbolo Tau
Há certos sinais que revelam uma escolha de vida. O Tau, um dos mais famosos símbolos franciscanos, hoje está presente no peito das pessoas num cordão, num broche, enfeitando paredes numa esclutura expressiva de madeira, num pôster ou pintura. Que escolha de vida revela o Tau? Ele é um símbolo antigo, misterioso e vital que recoda o tempo e eternidade. A grande busca humana querendo tocar sempre o divino e este vindo expressar-se na condição humana. Horizontalidade e verticalidade. As duas linhas : Céu e Terra! o símbolo do Tau riscados nas cavernas do humano primitivo. Nos objetos do Faraó Achenaton no Antigo Egito e na arte da civilização Maia. Francisco de Assis o atualizou. Não criou o Tau, mas herdou como símbolo de busca do divino e Salvação Universal.