HOME

POSTULANTADO


 

            O Postulantado é um tempo de iniciação no qual o estudante seminarista (aspirante) recebe das mãos do Ministro Provincial, ou de um delegado seu (Ministro local), os escritos do nosso Pai São Francisco, a fim de lê-los e medita-los, procurando aprofundar seu discernimento vocacional para a Vida Religiosa, tendo em vista a manifestação do desejo de confirmar e continuar na Família Franciscana da TOR no momento da petição ao Noviciado.


 

No dia 03 de Julho, desde ano de 2012, dia de São Tomé Apóstolo, três jovens estudantes de nossa Família Franciscana da TOR ingressaram na etapa do Postulantado. São eles: Antônio Robiney (Manaus-AM), Adriano e Rodrigo (Mogi Mirim-SP). Eles foram chamados por livre escolha que deles fez o Nosso Senhor Jesus Cristo, numa iniciativa que os precedeu. À mesma iniciativa recomenda-nos o nosso Seráfico Pai São Francisco: “Se alguém, por inspiração divina, quiser abraçar esta vida...”(Regra TOR 4). Também as nossas Constituições Gerais reportam-nos à ação do Espírito Santo: “À imitação do Seráfico Pai Francisco, os membros da Ordem, animados pelo Espírito, e sempre disponíveis à contínua renovação de si mesmos, perseveram na verdadeira fé e na penitência”  (C. TOR, 4).

 

O período do Postulantado conduz a uma busca absoluta da pessoa de Jesus Cristo, a quem seguimos e servimos. É uma busca de aprender, de saber, de ver o que é, como é, como fazer; de experimentar, de caminhar. Essa atitude leva a escutar para compreender em coerência com o empenho que assumimos de obediência absoluta Àquele que seguimos.

 

Que esses jovens possam ver nessa nova experiência uma busca do encontro com Jesus Cristo e procurem contemplar o Seu modo de ser em confronto com o nosso modo de ser e com o Seu Evangelho. Que façam um bom discernimento humano, cristão, religioso-franciscano e não tenham medo de dar uma resposta segura (sim ou não) ao Senhor que os chama para servi-Lo e amá-Lo nesse modo de vida em missão, na Família Franciscana da TOR.  


 
Rezemos para que se encontrem e perseverem.

 

Paz e bem!



 

Fr. Faustino